"Oswald de Andrade: o culpado de tudo" segue até 26 de fevereiro no Museu da Língua Portuguesa

No dia 13 de fevereiro de 2012, a cidade de São Paulo irá comemorar os 90 Anos da Semana de Arte Moderna. O Museu da Língua Portuguesa não poderia ficar de fora, principalmente porque a atual exposição temporária do Museu é uma homenagem a Oswald de Andrade, um dos idealizadores da Semana que mudou o rumo da cultura nacional.

A frase “Direito de ser traduzido, reproduzido e deformado em todas as línguas”, escrita pelo artista em 1933 no verso da folha de rosto da edição original de Serafim Ponte Grande, foi o ponto de partida dos idealizadores da exposição. Em Oswald de Andrade: o culpado de tudo, o público terá a oportunidade de conhecer profundamente o polêmico escritor, um dos criadores da Semana de Arte Moderna. A curadoria é de José Miguel Wisnik, com a curadoria-adjunta de Cacá Machado e Vadim Nikitin, e consultoria de Carlos Augusto Calil e Jorge Schwartz. O projeto expográfico é de Pedro Mendes da Rocha.



A exposição contempla três dimensões de leitura: poética, Histórico-biográfica e filosófica. Essas dimensões não devem ser entendidas como “partes” em que se divide a exposição, mas como níveis de manifestação da vida-e-obra que se articulam de maneira inseparável no processo expositivo.

Exposição Oswald de Andrade: o culpado de tudo
Prorrogada até 26 de fevereiro de 2012
De terça a domingo, das 10h às 18h (a bilheteria fecha às 17h30)
Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz, s/nº, Centro
Tel.: (11) 3326-0775
www.museudalinguaportuguesa.org.br

Ingresso: R$ 6,00 (pagamento somente em dinheiro)
Estudantes com carteira de estudante do ano e documento de identidade pagam meia-entrada. Crianças com até 10 anos e idosos a partir de 60 anos não pagam ingresso, bem como professores da rede pública.