Cine Olido apresenta mostra "Isto é Cinema" com produções brasileiras

 O Cine Olido apresenta, entre os dias 24 e 29 de janeiro, a mostra “Isto é Cinema”, uma seleção de filmes brasileiros que abordam a metalinguagem cinematográfica, ou seja, tem o próprio cinema como tema.

As sessões têm preços populares de R$ 1 e reúnem documentários sobre a indústria cinematográfica e filmes que abordam na ficção a história do cinema. Serão exibidas cópias raras em 35mm de longas-metragens como “Eterna Esperança”, de João Batista de Andrade, “Ladrões de Cinema”, de Fernando Coni Campos, e “Sonho sem Fim”, de Lauro Escorel.

“Tudo é Brasil” e “Linguagem de Orson Welles”, que serão exibidos na sequência em 24 de janeiro, às 15h, trazem à tona a visita do famoso cineasta norte-americano ao Brasil, que resultou no filme “It´s all True”, um retrato do cotidiano da população pobre carioca e do acidente em uma jangada na Barra da Tijuca.

O documentário “Person” retrata a vida do cineasta Luiz Sergio Person, dirigido por sua filha, Marina Person, com registros em fotos e vídeos da família e uma entrevista gravada pouco antes da morte do diretor.

Em homenagem às chanchadas do pólo cinematográfico carioca Atlântida, “Assim era a Atlântida” reúne cenas de filmes produzidos no local e que sobreviveram a um incêndio, na década de 50, e a uma inundação, nos anos 70.

Relembrando os filmes produzidos na Boca do Lixo, na região central de São Paulo, na década de 70, os documentários “Uma Rua Chamada Triumpho” e “O Galante Rei da Boca”, exibidos em seqüência no dia 25, às 15h, contam histórias de pessoas daquele meio cinematográfico e, em especial, a trajetória profissional de Antônio Polo Galante, um dos principais cineastas do gênero. 
 
 
ISTO É CINEMA
24 A 29 DE JANEIRO
 CINE OLIDO – AV. SÃO JOÃO, 473 (estação República do metrô)
IDADE RECOMENDADA: LIVRE
INGRESSO: R$ 1,00 (INTEIRA) E R$ 0,50 (MEIA)