Livro "A voz na Canção Popular Brasileira" , de Regina Machado



Uma reflexão sobre a voz na canção popular. Essa é a proposta do livro A Voz na Canção Popular Brasileira – Um estudo sobre a Vanguarda Paulista, escrito pela professora, cantora e mestre em música pela Unicamp, Regina Machado. 
 
O livro investiga as abordagens vocais no canto popular brasileiro urbano. Para tanto, ela se debruça sobre o movimento que, nos anos 1980, em São Paulo, abriu novas possibilidades para a voz na canção popular. Regina concluiu que esse diferencial estava presente nas vozes das cantoras Ná Ozzetti, Tetê Spindola, Suzana Salles e Vânia Bastos, por onde iniciou a sua análise. Complementou, posteriormente, a partir da realização musical de alguns compositores que também revelaram padrões vocais diferenciados. Assim, foram incluídos no estudo Arrigo Barnabé, Itamar Assumpção e Luiz Tatit.

O livro está dividido em quatro capítulos: Vocalidades Múltiplas: referências para o canto / A Cena Musical na São Paulo dos anos 80 e a Vanguarda Paulista / Elementos para a análise do comportamento vocal / Seleção do Repertório e as Análises.