São Paulo confirma adesão à Hora do Planeta 2011

 
 
A cidade de São Paulo confirmou sua adesão à Hora do Planeta 2011. Participante do movimento global desde a sua primeira realização no Brasil, em 2009, a cidade apagará luzes de monumentos e ícones no próximo dia 26, de 20h30 às 21h30 (hora local) para mostrar sua preocupação com o meio ambiente e a saúde do planeta.

"Cada ano vamos agregando novos monumentos paulistanos, e assim aumentando a participação da cidade de São Paulo na Hora do Planeta", afirmou o prefeito Gilberto Kassab, ao confirmar a adesão da cidade. Este ano serão apagados em São Paulo: a Ponte Octávio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada), o Obelisco do Ibirapuera, o Monumento às Bandeiras, o Teatro Municipal, o Mercado Municipal e o Estádio do Pacaembu. A Biblioteca Municipal Mário de Andrade, re-inaugurada no último mês de janeiro, também terá suas luzes apagadas.

Nesse ano de 2011, o WWF-Brasil tem incentivado as cidades participantes do movimento que, além do apagar das luzes, se comprometam com a conservação da natureza e desenvolvam projetos que visem sua sustentabilidade ambiental. Ações de promoção do uso de meios de transporte menos poluentes e da coleta de lixo seletiva, são alguns exemplos do que pode ser feito.

Além disso, em 2011, o apagar das luzes no dia 26 de março na capital do Estado de São Paulo terá também um motivo de celebração: no fim do ano de 2010, foi criado o Parque Estadual Restinga de Bertioga, uma unidade de conservação que protege 9,3 mil hectares de Mata Atlântica.