Odiamos fogos de artifício!


Com a proximidade da Copa do Mundo, a venda de fogos de artifício tende a aumentar. Porém, o que é diversão para os humanos, para os animais se transforma em agonia! O barulho causado pela queima de fogos de artifício causa nos bichos palpitações, falta de ar, taquicardia, náuseas, perda de controle e sensação de atordoamento. Em consequência, muitos se perdem, se envolvem em incidentes e morrem.

Para evitar casos deste tipo, algumas precauções podem ser tomadas. Recomenda-se que o animal de estimação seja colocado em ambiente calmo e de iluminação suave; portas e janelas devem ser mantidas fechadas para evitar ferimentos e suicídios; pouco antes da queima de fogos, é aconselhável levar o animal para um local onde o rádio ou a TV estejam ligados e gradualmente aumentar o volume, de forma que ele se acostume ao som alto e preste menor atenção ao barulho dos fogos; cobertores estendidos pelas janelas ou embaixo de onde o animal deita diminuem a dispersão do som.

Outra opção para diminuir o estresse causado ao animal pela queima de fogos é aplicar a receita Florais de Bach, que pode em encontrada farmácias de manipulação. Ao fazer o pedido, lembre que a substância não pode conter conservantes: álcool, glicerina e vinagre de maçã.

De todo modo, é aconselhável sempre manter alguma identificação nos animais, mesmo quando dentro de casa. Deixar anotado em plaquetas ou coleiras o nome do animal junto ao de seu respectivo dono mais telefone para contato é essencial em casos de fuga, que tendem a aumentar em Copas do Mundo e em outros eventos e datas.

(fonte: Instituto Nina Rosa)