Juntos?

A ideia de unir diferenças em prol de algo em comum permeia o conceito da campanha que anuncia a integração do Santander ao Banco Real. A frase escolhida para assinar as peças publicitárias explicita esse convite: "Vamos fazer juntos?"

E, para mostrar que a convivência inteligente sempre é possível, o banco resolveu reunir os dois maiores jornais de São Paulo em uma ação inédita. Sob o patrocínio do Santander, os assinantes do Estado estão recebendo hoje um exemplar da Folha de S. Paulo, e vice-versa.

A campanha da agência Talent quer difundir o novo jeito de ser e fazer negócios no banco e, por isso, convenceu os concorrentes a se juntarem na iniciativa.

Um mesmo pacote traz os dois jornais, onde um anúncio propõe: "Tome decisões levando em conta mais pontos de vista. Vamos fazer juntos?" A diretora Comercial do Estado, Isabel Borba, avalia que se trata de uma ação ousada, "ao gerar impacto e, ao mesmo tempo, quebrar um paradigma, mostrando que trabalhar juntos, unindo duas empresas concorrentes, valoriza e dignifica a indústria que representamos".

Toda a linha da campanha costura a atitude que uma nova cultura colaborativa, no sentido de defender a importância de trabalhar em conjunto com todos os públicos, pode ter espaço no mundo dos negócios.

Outros "rivais" vão se unir nessa campanha. Os âncoras das rádios Bandeirantes AM, BandNews, Eldorado e Jovem Pan AM vão gravar, juntos, uma conversa sobre tema ainda não definido. O resultado desse encontro será transmitido simultaneamente pelas quatro emissoras.

A maior ambição da campanha é evitar um choque ante as diferenças das duas instituições, que sempre tiveram atitudes diversas. O vice-presidente de Gestão, Marketing e Comunicação do Santander, Fernando Martins, diz que a mensagem principal é mostrar os benefícios que a união dos bancos traz.