Texto do Gilberto Dimenstein: "A maconha e Paris Hilton"

"Jovens planejam fazer uma manifestação neste final de semana em São Paulo pedindo a legalização da maconha --há rumores de que, mais uma vez, esse ato será proibido por suposta apologia ao crime.

Não vou entrar no debate jurídico, embora ache errada a proibição. Considero muito mais perigosa --e, aí sim criminosa-- a publicidade de uma marca de cerveja (Devassa) que usa explicitamente o corpo de uma mulher (Paris Hilton).

Vou logo dizendo que não fumo maconha e considero que seu abuso é perigoso por tirar o foco dos estudos, provocar acidentes e gerar dependência. Defendo que os pais devem alertar os filhos sobre esse perigo --e não devem ter medo de parecer caretas.

Mas a maconha não representa quase nada em perigo à saúde pública quando comparada à bebida, estimulada abertamente pela publicidade e, nesse caso da Devassa, apelando vulgarmente para o sexo, usando uma mulher vulgar.

O que o Poder Judiciário deveria proibir, usando a lei, era esse tipo de propaganda. "


link: http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/gilbertodimenstein/ult508u698790.shtml