Precursor da bossa-nova, Sérgio Ricardo se apresenta no Sesc Santo André

Para comemorar este mês os 80 anos de nascimento de Sérgio Ricardo, o SESC Santo André realiza show no dia 23 de junho. 

Conhecido como um dos precursores da Bossa Nova, o intérprete, compositor e pianista clássico se apresenta ao lado das filhas e cantoras Marina Lutfi e Adriana Lutfi, além do violonista e violoncelista Lui Coimbra.

No show, faz um panorama de canções representativas em seus mais de 60 anos de carreira, como “Bouquet de Izabel” , “Zelão”, “Nosso Olhar” e “Poema Azul”.



SOBRE SÉRGIO RICARDO


Nascido em 18 de junho de 1932, na cidade de Marília, interior de São Paulo, João Lutfi (seu nome artístico é Sérgio Ricardo), é o primogênito de pai sírio e mãe brasileira. Começou a estudar piano e teoria musical aos oito anos, passou pela Rádio Cultura de São Vicente e iniciou sua carreira como pianista profissional em casas noturnas do Rio de Janeiro e São Paulo. Figura de destaque na história da música brasileira, foi um dos precursores da Bossa Nova. Numa das passagens antológicas de sua carreira, em sinal de protesto ao pouco entendimento do público aos códigos de sua canção concorrente ao Festival de Música da TV Record de São Paulo, em 1967, quebrou seu violão e atirou-o sobre a platéia. Durante o período da ditadura militar, impedido pelos censores de apresentar-se em emissoras de rádio e televisão, optou por realizar shows em circuitos universitários resistindo à idéia de se exilar em outro país. Ao final da ditadura militar, seu nome já havia sido parcialmente esquecido do grande público permanecendo por isso mesmo afastado da mídia televisiva e radiofônica. No final dos anos 70, tornou-se amigo do poeta Carlos Drummond de Andrade. Escreveu vários roteiros de filmes, peças teatrais e canções, além de continuar produzindo programas para a TV Educativa. Entre eles, o tema da mini série “Zumbi dos Palmares” e a trilha da telenovela “Mandacaru”, da TV Manchete. Com repertório musical gravado por mais de quarenta intérpretes, Sérgio Ricardo acumulou vários prêmios entre filmes, trilhas e discos. Em 2001 produziu o CD “Quando menos se espera” com composições inéditas e regravações de alguns de seus grandes sucessos, como “Zelão”, “O Nosso Olhar”, “Calabouço” e “Beto Bom de Bola”. Seu último trabalho, o álbum “Ponto de partida”, foi lançado em 2008, marcando sua retomada em grande estilo à cena musical brasileira com um disco antológico de releituras, resultado de um rico intercâmbio com grandes talentos da nova geração. Ao longo de 2012, estão programados shows, concertos sinfônicos, peças teatro e exposição sobre a vasta biografia do artista octagenário.

Mais informações em: http://www.sergioricardo.com/


Sérgio Ricardo no Sesc Santo André
Dia: 23 de junho - Sábado, às 20h
Ingressos: à venda  na rede INGRESSOSESC

R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, + de 60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculados no SESC e dependentes)

Sesc Santo André
Rua Tamarutaca, 302 - Vila Guiomar - Santo André – SP.
Informações: (0xx)11 4469-1200