Escritor argentino lança livro contando os "absurdos" da humanidade



A história da humanidade registra acontecimentos que até Deus duvida. Em Quase 1.000 absurdos de todos os tempos, lançamento da V&R Editoras, Aníbal Litvin seleciona esses fatos e nos mostra, com muito bom humor, que o absurdo e o imprevisível são partes integrantes de nosso cotidiano.

O autor argentino é conhecido também pela publicação dos livros 1.000 coisas inúteis que um garoto deveria saber antes de crescer e 1.000 curiosidades insólitas que um garoto deveria saber para descobrir que no mundo só tem louco.

Entre os absurdos listados estão fatos inesperados e cômicos. Na Inglaterra, por exemplo, é ilegar embriagar-se estando de posse de uma vaca. Já na Polônia, as pessoas que vivem na rua ‘Internet’, na cidade de Varsóvia, não tem acesso à rede. Há ainda curiosidades sobre o Brasil, em especial, sobre o Bar Medieval, em Natal. Lá um jovem tem que pagar 20 dólares de ‘imposto’, caso passe mal nas instalações do local.