Fale agora ou...

É tão divertido assistir aquelas fitas VHS antigas que todos nós temos em casa, não é? Recordamos de parentes, amigos, lugares, músicas e de todo um contexto que gerou experiências hoje integrantes de nossa história de vida. Relembramos também de pessoas que partiram deste mundo, outras que sumiram, outras que ainda estão ao nosso lado, enfim, ver esses vídeos é sempre emocionante.

Mas, para algumas daquelas pessoas eu deixei de dizer algo. Deixei de dizer o quanto os amava. Deixei de dizer o quanto eles faziam bem para mim. Não fui capaz de manter um laço de amizade com alguns deles, porque, pela própria correria da vida, acabamos nos afastando, sem ter um porquê. Meu aniversário de 18 anos foi incrível, vi o vídeo dessa festa nos últimos dias. Mas não cheguei a cada um dos meus convidados para agradecer a presença deles nesse dia que ficou marcado na minha vida. Arrependo-me profundamente. Hoje, não sei onde alguns deles estão. Se vivos, casados, solteiros, felizes, saudáveis... não sei.

O que eu quero deixar claro com isso é: nunca, nunca, nunca deixe pra dizer depois o que você pode dizer agora. Se você tem um amigo que você gosta muito, mande um torpedo a ele dizendo “amigo, te amo, sabia?”. Eu recebi um desse da minha melhor amiga outro dia e chorei o dia inteiro.

Se você tem um amor na sua vida, diga o que você sente por ele (a). Não temos, ainda, bola de cristal pra saber o pensamento do outro. E fale hoje! Amanhã essa pessoa pode não estar mais aqui. E dependendo do que for dito, poderá mudar todo o curso da história.

Lembre-se do ditado...”arrependa-se do que você NÃO fez...”

Se você tem vergonha de chegar agora no seu amigo, pai, irmão, primo, seja quem for, e lhe dizer “eu gosto muito de você e você é importante pra mim”, talvez no futuro poderá se sentir como estou agora, lamentando a perda de uma oportunidade de ter dito o que meu coração sentia. Mande um email, um sms, ou uma flor, um livro, um bombom, e junto coloque um bilhete escrito a mão. E se essa pessoa não entender nada do que está acontecendo, te olhar estranho, pode imprimir este texto e anexar junto com seu bilhete. Daqui uns 15 anos, essa pessoa vai se lembrar do seu gesto, tenha certeza.

Não adie suas palavras. Não permita que pessoas importantes na sua vida desapareçam, mesmo que o dia-a-dia provoque essa distância. Vá atrás de quem realmente lhe faz bem. E seja feliz.

Cristiane Tavares