Editora Phorte lança "Material de Apoio para o Aprendizado de LIBRAS"



LIBRAS é a Língua Brasileira de Sinais, usada para comunicação nas comunidades surdas.

E o que muita gente não sabe é que a Língua Brasileira de Sinais possui toda uma estrutura gramatical própria, ou seja, a sua comunicação, não é simplesmente pela junção de gestos, mas também pela composição de níveis lingüísticos como o fonológico, o morfológico, o sintático e o semântico.

Para o usuário de LIBRAS a comunicação vai além de sua forma básica, e através dela é possível uma verdadeira interação com mundo e a possibilidade de discutir assuntos mais profundos como filosofia, política e economia.

LIBRAS é um assunto em expansão e a cada dia mais e mais pessoas procuram aprender Língua mesmo não tendo qualquer tipo de deficiência auditiva. Isso porque é um universo cheio de descobertas.

Por exemplo, cada país possui sua própria língua de sinais, e como qualquer outra Língua também possui expressões que variam de acordo com cada região do pais.

Reconhecimento - Conforme a LEI Nº 10.436 de 2002, a LIBRAS é reconhecida como meio legal de comunicação e, de acordo com o DECRETO Nº 5.626 de 2005, a Língua deve ser inserida como disciplina curricular obrigatória nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério, em nível médio e superior, e nos cursos de Fonoaudiologia, de instituições de ensino, públicas e privadas.



O ‘MATERIAL DE APOIO PARA O APRENDIZADO DE LIBRAS’ foi desenvolvido pelo autor Alexandre dos Santos Figueira, professor de Informática para surdos. Instrutor de Libras certificado pela FENEIS / MEC, e também, pelo PROLIBRAS - Universidade Federal de Santa Catarina/ MEC. Graduado em Administração Geral.