DENÚNCIA - MAUS TRATOS A ANIMAIS NA MOOCA - SP





Registro aqui minha denúncia contra os moradores da casa 429-A da Rua do Acre, no bairro da Mooca (zona leste de SP). Neste local vivem 3 cães, completamente abandonados há muito tempo, sendo que ultimamente só tenho encontrado 2. Talvez um deles tenha morrido de fome, já que eles não são alimentados. No último dia 29 de agosto de 2013, o cheiro de carniça que exalava do local era insuportável.

Os “donos” dos cães não lhes dão nem água, nem comida, que são oferecidos pelos vizinhos indignados com tal situação. Porém, devido à fome extrema, eles são ferozes, obviamente.

Os animais estão no limite da sobrevivência, muito magros e devem estar doentes. Provavelmente, nem vacina têm. O local onde eles vivem é imundo, há centenas de ratos, plantas, lixo acumulado e muitas fezes não recolhidas, que só são carregadas de lá pela água da chuva. Não há limpeza, não há abrigo do frio ou da chuva, não há banho, não há respeito pelos animais, o que caracteriza claramente infração ao art 32, da Lei Federal 9.605/98, Lei de Crimes Ambientais.

Os moradores da casa 429-A (uma mulher, um homem e dois filhos, que não são os proprietários) não são pessoas civilizadas, não é possível conversar com eles. Ficam o dia inteiro fora, só retornando à noite. A polícia militar já foi chamada algumas vezes, mas sem nenhum efeito. A Vigilância Sanitária foi contactada mais de 10 vezes, sendo a última dia 30 de agosto de 2013, cujo protocolo é 11761494,ou 2013013108249, em atendimento feito pela Andressa através do 156 da Prefeitura de SP. Além do mais, há uma piscina vazia e toda quebrada dentro do imóvel, que é foco para o mosquito da dengue.

Reitero o nítido descaso e maus tratos com relação aos cães que vivem neste local. Trata-se de crime ambiental e absoluta desumanidade. Peço-lhes que algo seja feito DE CONCRETO, de verdade, para que a vida desses animais seja preservada. Se eles não forem salvos rapidamente, irão morrer.

COMPARTILHEM ESTE POST PARA PROTETORES, POLÍCIA AMBIENTAL, CENTRO DE ZOONOSES, UIPA E ONGS QUE POSSAM AJUDAR NESSE CASO.

OBRIGADA.
Cristiane Tavares