Vocalista do Poison tem alta médica após 2 semanas internado


O vocalista do Poison, Bret Michaels, diz ter pensado que havia levado um tiro na nuca quando sofreu uma hemorragia cerebral no final de abril. O músico passou duas semanas no hospital, em estado grave, após o incidente e recebeu alta na última terça-feira.
Michaels disse à revista de celebridades "People" que a hemorragia parecia "um tiro". "Foi literalmente um estouro. Me deu um branco, deixou meu pescoço tenso. Não conseguia me mexer."
O cantor afirmou que após sentir que estava passando mal imeadiatamente pediu à namorada que o levasse a um pronto-socorro.
Médicos diagnosticaram uma hemorragia subaracnóidea maciça, ou seja, sangramento na base do tronco cerebral, e recomendaram que Michaels aguardasse no mínimo quatro semanas para retomar suas atividades normais. Ele será examinado quinzenalmente até estar completamente recuperado.