Exposição Hélio Oiticica termina em 23 de maio. Zé Celso Martinez fará intervenção



Em cartaz desde 21 de março, a exposição Hélio Oiticica – Museu é o Mundo termina no dia 23 de maio, domingo. Um dia antes, ao meio dia, recebe o grande ícone do teatro brasileiro José Celso Martinez Corrêa para fazer uma intervenção no penetrável Rhodislândia. Ele ainda não revelou detalhes sobre a performance, mas o diretor, conhecido pela originalidade e pelo improviso, irá dialogar com a obra de Oiticica que, como ele, representa o que há de mais ousado e vanguardista na arte brasileira.

A exposição Hélio Oiticica – Museu é o Mundo conta mais de cem obras além de sete vídeos e textos escritos por ele que revelam o seu processo criativo. De acordo com a curadoria, trata-se da maior exposição já feita em São Paulo sobre o processo criativo do artista. Homenagem aos 30 anos da morte de Oiticica, a exposição ocupa os três andares do espaço expositivo do instituto e ainda exibe alguns Penetráveis em espaços públicos como a Casa das Rosas, o Teatro Oficina, a Pinacoteca do Estado, o Parque Ibirapuera  e o Parque Mário Covas.


  
Hélio Oiticica – Museu é o Mundo
Até 23 de maio
De terça a sexta, das 9h às 20h
Sábs., doms. e feriados, das 11h às 20hs
Entrada franca
Estacionamento gratuito para bicicletas

Intervenção Zé Celso no Penetrável Rhodislândia
22 de maio às 12h

Itaú Cultural - Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Fones: 11. 2168-1776/1777