Reestreia Cloaca no Teatro Imprensa


Escrita em 2002, pela Holandesa Maria Goos, a peça é um retrato corrosivo e de humor cortante sobre a amizade e o universo masculino. Traduzida em vários idiomas e montada em vários países antes de chegar ao Brasil, Cloaca traz um tipo de identificação com seus personagens que ultrapassa fronteiras e reflete as relações no mundo contemporâneo. 
Quatro velhos amigos, em plena meia idade, fazem um balanço de suas vidas que oscilam entre esperanças e desilusões. Com humor negro,  a peça de Maria Goos faz uma análise sobre amizade e aspirações, explorando como os homens comprometem sua vida emocional diante da constante busca por dinheiro, poder e prestígio. A ação do tempo sobre a amizade e a crise da masculinidade são os pontos centrais enfocados pelo olhar feminino e distanciado da autora.